No atual momento da cibercultura, temos o lápis como um objeto bastante simples e de baixo emprego de tecnologia. No entanto, a cadeia de produção do lápis envolve um complexo sistema, que vai desde o plantio de monoculturas de Pinus até a logística de distribuição e venda.
O vídeo toma o lápis como exemplo do ciclo de vida dos produtos, abordando, mesmo que de passagem, diversos temas da geografia. É preciso, porém, atentar que o conteúdo defende a livre iniciativa do mercado. Essa perspectiva pode ser aproveitada para abordar os princípios do neoliberalismo.