Novas tecnologias na educação

Adriano Rangel Liziero

Adriano Rangel Liziero

Editor | Geógrafo

2 de setembro de 2014

Será que os professores brasileiros estão preparados para utilizar as novas plataformas de ensino em sala de aula? Essa é a questão que o programa Conexão, do canal Futura, debate, tendo em vista a presença cada vez maior das novas tecnologias no cotidiano dos brasileiros.

No Brasil, há mais celulares do que pessoas. A quantidade de aparelhos móveis passa de 270 milhões, enquanto que a população brasileira é de aproximadamente 200 milhões de habitantes. O número de acessos à banda larga móvel gira em torno de 110 milhões. Ainda assim, é comum a proibição do uso dos celulares na sala de aula.

Quais são as vantagens da utilização das novas tecnologias na educação? Será possível utilizar o celular como recurso didático? Quais usos devemos fazer das novas tecnologias? Assista o programa e entre nessa discussão.

Adriano Rangel Liziero

Adriano Rangel Liziero

Editor | Geógrafo

Estudei Geografia na USP influenciado pela experiência de viver em Angola, país que despertou em mim a vontade de compreender o mundo. Meu gosto pela escrita também me levou ao jornalismo.
Trabalho no mercado editorial de didáticos, com foco em tecnologia educacional. Há sete anos, fundei o Geografia Visual para explicar o mundo utilizando o poder didático das imagens.

Você também pode gostar

Notícias

Redes sociais mapeiam desaparecidos após terremoto no Nepal

por Adriano Rangel Liziero

Para ajudar familiares e amigos a localizar pessoas nas áreas afetadas pelo tremor, Google, Facebook e Microsoft desenvolveram recursos e ações em suas redes sociais.

Notícias

Geografia Visual é reconhecido pelo BID como inovação educativa na América Latina

por Adriano Rangel Liziero

Publicação reúne as 50 inovações educativas mais importantes da região.