Um dos jogos educativos mais envolventes que conheço foi traduzido para diversos idiomas, entre eles o português. O Agricultor do Terceiro Mundo – nome traduzido do jogo – foi desenvolvido em 2005 por estudantes dinamarqueses da Universidade de Copenhagen.

Com uma jogabilidade bem parecida com o  Farmville, o famoso jogo das redes sociais, o Agricultor do Terceiro Mundo traz o desafio de sobreviver numa situação onde, por dia, 24.000 pessoas morrem de fome na África e em outras regiões empobrecidas do planeta.

“Assim como pessoas reais estão morrendo de inanição em situações desesperadoras, onde não pediram para serem colocadas, tudo o que é necessário para as coisas irem mal neste jogo é uma má colheita, um infeliz encontro com funcionários corruptos, uma flutuação repentina nos preços de mercado ou qualquer outra situação que, num país industrializado, não vitimaria famílias inteiras”, diz a equipe que desenvolveu o game.

O objetivo do jogo, segundo os idealizadores, é abrir os olhos das pessoas para os problemas enfrentados pelos países pobres, ainda que os jogadores vivenciem um cenário inofensivo de ficção. Na sala de aula, o professor pode aproveitar o enredo do jogo para discutir a fome e a pobreza no mundo, com destaque para o continente africano.

Jogue online, em português

O jogo começa com o cenário da granja, onde é possível ver a família disposta ao lado casa. Você deve administrar o dinheiro, de modo a adquirir cultivos, animais, ferramenta e equipamentos. Após implementar as suas escolhas, basta clicar na seta de seguir. Ao final de um ano, evidenciado pela transição das folhas do calendário na tela, o jogador é informado sobre o êxito ou não da granja, de acordo com os acontecimentos.

Você terá que tomar algumas decisões, quando questionado ao longo do jogo. Ao clicar nos personagens da família, é possível ver os seus nomes, atributos e condições de saúde. Fique atento a isso, pois negligenciar a saúde dos seus personagens pode vitimá-los.

Embora eu tenha me esforçado para sobreviver, o jogo terminou depois de quinze minutos com a seguinte mensagem: “Todos morreram ou deixaram a granja. Você suportou as penalidades do terceiro mundo por inacreditáveis 19 fases”. Logo abaixo, um link deixa claro que não se trata apenas de um jogo, mas da dura realidade de milhões de pessoas: “Clique aqui e veja como fazer a diferença”.

Para jogar, basta acessar o site www.3rdworldfarmer.com, aguardar o jogo carregar e, em seguida, clicar na bandeira do Brasil, localizada na parte superior da tela de jogo, para escolher o idioma português.

O que achou do jogo? Quanto tempo conseguiu sobreviver? Comente aqui sobre a sua experiência no “Agricultor do Terceiro Mundo”.