O que torna essa praia bela é também o que a torna um pouco arriscada

Adriano Liziero

Adriano Liziero

Editor | Geógrafo

1 de julho de 2019

A praia do Naufrágio – ou Navagio Beach – ganhou esse nome óbvio em 1980, quando foi descoberta pelo turismo.

Localizada na Grécia, a pequena praia é exótica por conta do navio mercante Panagiotis, que naufragou na costa de Zakynthos, uma ilha banhada pelo mar Jônico.

A paisagem também desperta interesse por conta da falésia de calcário, uma rocha sedimentar muito vulnerável à erosão, que cerca a praia e forma cavernas em seu entorno.

O que torna a praia um destino não tão tranquilo é justamente a sua formação geológica, pois a praia formou-se pela erosão do calcário em constante contato com o mar.

Isso quer dizer que essa erosão ainda continua e, vez ou outra, pedaços de rocha se soltam e caem sobre a praia e as águas cristalinas. Por estar em uma área sujeita a terremotos, esses pedaços de rocha podem se soltar com mais facilidade.

Foi o que aconteceu em 13 de setembro de 2018, quando rochas caíram abruptamente da falésia e geraram ondas que viraram três barcos. As ondas fizeram com que a água do mar avançasse sobre a pequena faixa de areia, apinhada de turistas, o que, segundo um site de notícias do local, gerou uma situação caótica entre os visitantes.

Felizmente, as consequências não foram graves e só algumas pessoas se machucaram levemente.

Embora seja raro ver rochas se soltando e causando problemas na Praia do Naufrágio, é sempre bom ter um olhar geográfico sobre os lugares e saber que a paisagem dessa praia, assim como a de tantas outras, está em plena formação.

Você toparia esse pequeno risco para visitar a Praia do Naufrágio? Quem você chamaria para conhecer essa linda paisagem?

Adriano Liziero

Adriano Liziero

Editor | Geógrafo

Estudei Geografia influenciado pela experiência de viver em Angola, país que despertou em mim a vontade de compreender o mundo. Meu gosto pela escrita também me levou ao jornalismo.
Trabalho no mercado editorial de didáticos, com foco em tecnologia educacional. Criei o Geografia Visual para explicar o mundo utilizando o poder didático das imagens.

Você também pode gostar

Fotografias

Maior confinamento de gado bovino do mundo

por Adriano Liziero

Conheça o sistema de pecuária intensiva nos EUA.

Fotografias

Cemitérios: risco potencial para o ambiente

por Adriano Liziero

Os cemitérios contaminam a água, o solo e são usados para especulação imobiliária.

Fotografias

Como essa rocha ficou entalada sobre um abismo?

por Adriano Liziero

Você teria coragem de subir nessa rocha entalada a 1.