Mapa digital permite comparar a verdadeira área dos países

Adriano Liziero

Adriano Liziero

Editor | Geógrafo

29 de março de 2017

Apoie o Geografia Visual

Se você doar o valor de um cafezinho, conseguirei manter o Geografia Visual atualizado. Embora os posts sejam indicados por grandes editoras e sites, não temos apoio financeiro de ninguém. A única alternativa seria poluir o site com anúncios, muitos deles, inclusive, impróprios para estudantes. Considere doar um valor mensalmente para apoiar o meu trabalho. Obrigado 🙂 


café
café duplo
café triplo
donut
Thank you very much !

Os mapas-múndi são representações planas da superfície terrestre e apresentam distorções variadas da realidade.

Ao transferir a tridimensionalidade da superfície da Terra para um plano, é normal que ocorram distorções em diversas partes do mapa.

Quanto maior a área a ser representada, as chances de ocorrer deformações aumentam.

Nesse sentido, o sistema de projeções cartográficas visa diminuir as distorções, ainda que não consigam eliminá-las por completo.

De acordo com a visão de mundo de quem está produzindo, os interesses envolvidos e o uso estratégico que correspondem, as deformidades de um mapa podem se acentuar ou diminuir em determinadas áreas.

Apoie o Geografia Visual

Se você doar o valor de um cafezinho, conseguirei manter o Geografia Visual atualizado. Embora os posts sejam indicados por grandes editoras e sites, não temos apoio financeiro de ninguém. A única alternativa seria poluir o site com anúncios, muitos deles, inclusive, impróprios para estudantes. Considere doar um valor mensalmente para apoiar o meu trabalho. Obrigado 🙂 


café
café duplo
café triplo
donut
Thank you very much !

Essas características podem ser percebidas em diversas projeções, que colocam certas regiões em evidência em detrimento de outras.

Um exemplo disso é a projeção de Mercator, considerada eurocentrista, pois a Europa está no centro do mapa e superdimensionada em comparação, por exemplo, ao continente africano.

Apoie o Geografia Visual

Se você doar o valor de um cafezinho, conseguirei manter o Geografia Visual atualizado. Embora os posts sejam indicados por grandes editoras e sites, não temos apoio financeiro de ninguém. A única alternativa seria poluir o site com anúncios, muitos deles, inclusive, impróprios para estudantes. Considere doar um valor mensalmente para apoiar o meu trabalho. Obrigado 🙂 


café
café duplo
café triplo
donut
Thank you very much !

Para tornar mais evidente as deformidades dos mapas, o site interativo The True Size (O Tamanho Verdadeiro) permite arrastar os polígonos que formam os países e compará-los com outros.

Acesse o mapa, digite o nome de um país no campo de busca e, depois, arraste esse país e o compare com outros países do mapa.

Doe e ajude a criar posts novos

O Geografia Visual é um dos principais blogs educativos da disciplina no Brasil. Os posts são indicados por grandes editoras, sites e premiações. Para manter o blog gratuito e sem anúncios abusivos, preciso da ajuda de quem gosta do blog e quer posts novos. Considere fazer uma doação para apoiar o meu trabalho. Obrigado 🙂 


café
café duplo
café triplo
donut
Thank you very much !

Adriano Liziero

Adriano Liziero

Editor | Geógrafo

Estudei Geografia influenciado pela experiência de viver em Angola, país que despertou em mim a vontade de compreender o mundo. Trabalho como autor e editor no mercado editorial de didáticos e sou documentarista de meio ambiente.

Você também pode gostar

Mapas e gráficos

Raio-X no turismo da Espanha

por Curadoria de conteúdos

Mapa mostra dados espaciais do turismo no país.

Mapas e gráficos

Mapa do consumo de carne no mundo

por Curadoria de conteúdos

No mundo, cada pessoa consome em média 40 kg por ano.

Mapas e gráficos

Como se diz “e ai, cara?” na América Latina

por Curadoria de conteúdos

Mapa mostra como as pessoas se cumprimentam em outros países.