Geografia Visual levará cultura hacker para a maior feira de educação da América Latina

Adriano Liziero

Adriano Liziero

Editor | Geógrafo

4 de Maio de 2015

Entre os dias 20 e 23 de maio de 2015 acontece em São Paulo, no Expo Exhibition & Convention Center, a Bett Brasil Educar 2015, o maior evento de educação da América Latina.

Realizada pela i2i Eventos e organizada pela Futuro Eventos, esta edição terá como tema “A escola dos nossos sonhos: horizontes possíveis, desafios imediatos”.

Para 2015, a grande novidade será a realização das Palestras de Tecnologia Educacional da Bett Brasil, que abordarão desde o papel das mídias na sala de aula, até estratégias pedagógicas para a integração da tecnologia no currículo educacional brasileiro.

Curadoria de conhecimento e cultura hacker na educação com blogs e redes sociais será a palestra que vou ministrar no congresso, no dia 22/05, às 15h.

No mesmo painel, Vanderlei Martianinos, Futurista da Educação da Fundação do IPANE & École 42 – Paris (França), apresentará a palestra Informação Livre: Avaliando o Impacto dos Cursos Online Abertos e Massivos (MOOC).

Será uma grande oportunidade para apresentar a proposta do Geografia Visual e de disseminar a educação aberta e livre, utilizando os recursos que alunos e professores têm disponíveis na web.

A visitação à feira é gratuita, já os workshops, fóruns e seminários são pagos. A tabela com os valores de investimento e também a programação completa estão disponíveis no site www.bettbrasileducar.com.br.

Ao todo estão programadas 165 atividades, que acontecerão simultaneamente em 11 auditórios, e que contarão com a participação de educadores brasileiros e do exterior.

Entre os temas abordados no evento estão: Alfabetização, Comunicação e Letramento; Avaliação na Educação; Currículo na Educação; Educação da Infância; Educação Integral; Educação e Tecnologia; Educação Profissional e Tecnológica; Formação Profissional e Metodologia de Ensino; Gestão e Políticas Educacionais.

Adriano Liziero

Adriano Liziero

Editor | Geógrafo

Estudei Geografia influenciado pela experiência de viver em Angola, país que despertou em mim a vontade de compreender o mundo. Meu gosto pela escrita também me levou ao jornalismo.
Trabalho no mercado editorial de didáticos, com foco em tecnologia educacional. Há sete anos, fundei o Geografia Visual para explicar o mundo utilizando o poder didático das imagens.

Você também pode gostar

Notícias

A semelhança entre a lousa digital e um ventilador

por Adriano Liziero

Os desafios de transformar as novas tecnologias em recursos educacionais.

Notícias

Cinemas Periféricos da América Latina

por Adriano Liziero

Conheça a produção cinematográfica de países latino-americanos, que lutam por visibilidade.

Notícias

Alunos usam fanfic para criarem livro didático de geografia

por Adriano Liziero

Narrativas ficcionais e redes sociais ajudam a reescrever conteúdos de geografia.