Oficina usa design para inovar na educação

Adriano Rangel Liziero

Adriano Rangel Liziero

Editor | Geógrafo

6 de agosto de 2014

São muitos os desafios que os educadores lidam em seu cotidiano. Muitas vezes, a solução dos problemas acaba sendo dificultada por métodos pouco eficientes de resolvê-los, esbarrando em reuniões improdutivas ou até mesmo na falta de criatividade.

Assim como os educadores, os designers lidam diariamente com desafios, seja na criação de um produto esteticamente melhor ou na solução de problemas diversos. Inspirado no modo de pensar dos designers, o Design Thinking é uma abordagem centrada no ser humano, voltada à  inovação, integrando as necessidades individuais, as possibilidades tecnológicas e os requisitos para o sucesso de um projeto.

Design Thinking na sala de aula

A abordagem do Design Thinking pode ser utilizada na sala de aula com o objetivo de trazer uma proposta para educadores e gestores criarem e encontrarem soluções criativas para o processo de ensino e aprendizagem, focando na cocriação, na colaboração de todos para se chegar a um objetivo comum.

Oficina para educadores

No dia 11 de agosto de 2014, segunda-feira, será realizado um workshop para educadores, onde os participantes terão a oportunidade de conhecer um pouco mais da abordagem do Design Thinking e experimentar em suas próprias atividades educacionais.

O objetivo da oficina, com duração de 4 horas, é utilizar a empatia em um contexto de problema, experimentando a criatividade para geração de soluções, assim como a razão para analisar e adaptar as soluções para o contexto desejado.

Inscrições abertas

O evento, que acontecerá no dia 11/08/14, às 19h, será realizado no HUB Escola, em São Paulo. Faça a sua inscrição aqui. As vagas são limitadas.

Conheça o Design Thinking para Educadores

 

Adriano Rangel Liziero

Adriano Rangel Liziero

Editor | Geógrafo

Estudei Geografia na USP influenciado pela experiência de viver em Angola, país que despertou em mim a vontade de compreender o mundo. Meu gosto pela escrita também me levou ao jornalismo.
Trabalho no mercado editorial de didáticos, com foco em tecnologia educacional. Há sete anos, fundei o Geografia Visual para explicar o mundo utilizando o poder didático das imagens.

Você também pode gostar

Notícias

Geografia Visual é reconhecido pelo BID como inovação educativa na América Latina

por Adriano Rangel Liziero

Publicação reúne as 50 inovações educativas mais importantes da região.

Notícias

Geografia Visual lança nova marca

por Curadoria de conteúdos

Logo foi criado pelo publicitário Alan Alves.

Notícias

Entenda como fica a geografia na reforma do ensino médio

por Adriano Rangel Liziero

Conteúdo obrigatório básico deve ter metade da carga horária total do ensino médio.