Litoral, espaço disputado

Adriano Liziero

Adriano Liziero

Editor | Geógrafo

1 de junho de 2019

A fotografia do @godiego é Guarda do Embaú, vila localizada na cidade de Palhoça, em Santa Catarina.

A ocupação dos espaços litorâneos representa uma vantagem de localização, pois facilita a exploração da maior reserva de recursos naturais do planeta, o mar.

A posição litorânea também revela uma vantagem para a circulação, uma vez que a maior parte dos fluxos intercontinentais de mercadorias é executada majoritariamente pelo transporte marítimo.

Apoie o Geografia Visual

Se você doar o valor de um cafezinho, conseguirei manter o Geografia Visual atualizado. Embora os posts sejam indicados por grandes editoras e sites, não temos apoio financeiro de ninguém. A única alternativa seria poluir o site com anúncios, muitos deles, inclusive, impróprios para estudantes. Considere doar um valor mensalmente para apoiar o meu trabalho. Obrigado 🙂 


café
café duplo
café triplo
donut
Thank you very much !

O litoral também se particulariza como espaço de lazer, sustentando um dos setores econômicos de maior dinamismo da atualidade, o turismo.

Não é por acaso que cerca de dois terços da humanidade habitam as zonas costeiras e, ainda, que a maior parte das metrópoles contemporâneas se localize a beira-mar.

Esse contingente populacional denso e concentrado, de perfil urbano, e que busca a localização diferenciada do litoral impõe desafios não apenas à sustentabilidade dos ambientes costeiros, mas à manutenção das comunidades tradicionais que habitam e dependem das praias para reproduzir o seu modo de vida.

O turismo, que possui uma capacidade avassaladora de transformar os lugares, vem causando a perda do território caiçara, especialmente devido à construção de segundas-residências.

Outro fator que colabora para a transformação do modo de vida caiçara é o estabelecimento de unidades de conservação da natureza.

Embora fundamentais para garantir a sustentabilidade de diversos trechos ainda preservados do litoral, as unidades de conservação tornam crime a caça, a pesca e o roçado, independentemente se essas atividades forem desempenhadas por populações tradicionais. Com isso, muitos núcleos caiçaras acabam se desagregando.

Doe e ajude a criar posts novos

O Geografia Visual é um dos principais blogs educativos da disciplina no Brasil. Os posts são indicados por grandes editoras, sites e premiações. Para manter o blog gratuito e sem anúncios abusivos, preciso da ajuda de quem gosta do blog e quer posts novos. Considere fazer uma doação para apoiar o meu trabalho. Obrigado 🙂 


café
café duplo
café triplo
donut
Thank you very much !

Adriano Liziero

Adriano Liziero

Editor | Geógrafo

Estudei Geografia influenciado pela experiência de viver em Angola, país que despertou em mim a vontade de compreender o mundo. Trabalho como autor e editor no mercado editorial de didáticos e sou documentarista de meio ambiente.

Você também pode gostar

Fotografias

Conflito pela água no Oriente Médio

por Adriano Liziero

As águas que correm pelo Rio Jordão, no Oriente Médio, são umas das mais disputadas do mundo.

Fotografias

Como essa rocha ficou entalada sobre um abismo?

por Adriano Liziero

Você teria coragem de subir nessa rocha entalada a 1.