Redutos de vegetação

Adriano Liziero

Adriano Liziero

Editor | Geógrafo

19 de setembro de 2011

A paisagem é característica do polígono das secas brasileiro, porém, trata-se da região de Itu, situada nos limites entre o Planalto Atlântico e a Depressão Periférica do estado de São Paulo, próxima à capital paulista. Cenários bizarros como este poderiam ser encontrados, também, em outras regiões do Brasil, como nas paredes do Pão de Açúcar (Rio de Janeiro) e até mesmo na Amazônia Central e no entorno do Pantanal Mato-grossense. São lugares que contam a história das condições físicas do passado, entre 23.000 e 13.000 anos antes do presente, quando o nível do mar estava a menos 100 metros que hoje e a fachada atlântica do Sul e Sudeste, banhada na época por correntes frias, sofreu um período de menos calor e maior semi-aridez, conforme explicou o geógrafo Aziz Ab´Sáber. Esta fantástica ampliação dos climas secos fez com que faixas de florestas permanecessem e se fragmentassem enquanto caatingas se estendiam. Formaram-se, então, os redutos de cactáceas que podem ser constatados hoje em subespaços extra-sertanejos. Estes lugares extraordinários, de grande importância científica, onde ocorrem cactos por entre matacões – rochas que afloram na superfície – são exceções paisagísticas que, muitas vezes, carecem de atenção e conservação.

Adriano Liziero

Adriano Liziero

Editor | Geógrafo

Estudei Geografia influenciado pela experiência de viver em Angola, país que despertou em mim a vontade de compreender o mundo. Meu gosto pela escrita também me levou ao jornalismo.
Trabalho no mercado editorial de didáticos, com foco em tecnologia educacional. Criei o Geografia Visual para explicar o mundo utilizando o poder didático das imagens.

Você também pode gostar

Fotografias

Entenda os protestos dos coletes amarelos na França

por Adriano Liziero

Imposto sobre os combustíveis gerou revolta nas ruas de Paris.

Fotografias

Um parque que circunda o vulcão Monte Egmont

por Adriano Liziero

O vulcão, também conhecido como Mount Taranaki, teve sua última erupção em 1775.

Fotografias

Desertos: produção do espaço geográfico

por Adriano Liziero

O desertos não são apenas paisagens naturais.