Como os furacões se formam?

Adriano Liziero

Adriano Liziero

Editor | Geógrafo

19 de novembro de 2018

Os furacões se formam sobre as águas quentes dos oceanos que ultrapassam os 27ºC.

A evaporação da água em uma vasta área oceânica forma diversas nuvens de tempestade.

Esse ar que subiu rapidamente e formou as nuvens, quando esfria em maior altitude, é empurrado para o lado pelo novo ciclo de ar mais quente que sobe.

Gosta do Geografia Visual?

Nossos posts são feitos à base de café e ciência geográfica. Doe um café pra gente e ajude a manter o site no ar com conteúdos didáticos gratuitos.


café
café duplo
café triplo
donut
Thank you very much !

Esse ciclo causa ventos fortes, que ultrapassam os 119 km/ h.

O Brasil não sofre com furacões pois as maiores temperaturas da água do mar, registradas no Nordeste, não passam de 26°C.

Na imagem, o furacão Florence (2018), visto da Estação Espacial Internacional.


Gostou desse conteúdo?

Esse post foi criado à base de café e ciência geográfica. Doe um café pra gente e ajude a manter o site no ar com conteúdos didáticos gratuitos.


café
café duplo
café triplo
donut
Thank you very much !
Adriano Liziero

Adriano Liziero

Editor | Geógrafo

Estudei Geografia influenciado pela experiência de viver em Angola, país que despertou em mim a vontade de compreender o mundo. Meu gosto pela escrita também me levou ao jornalismo.
Trabalho no mercado editorial de didáticos, com foco em tecnologia educacional. Criei o Geografia Visual para explicar o mundo utilizando o poder didático das imagens.

Você também pode gostar

Fotografias

Recifes de corais explicados em 5 imagens

por Curadoria de conteúdos

Conheça a importância dos corais e sua conservação frente às mudanças climáticas.

Fotografias

Conflito pela água no Oriente Médio

por Adriano Liziero

As águas que correm pelo Rio Jordão, no Oriente Médio, são umas das mais disputadas do mundo.

Fotografias

Fotos interativas revelam a realidade das crianças refugiadas

por Adriano Liziero

Ensaio visual mostra a difícil situação de meninos e meninas vivendo em abrigos da Europa.