Recifes de corais explicados em 5 imagens

Curadoria de conteúdos

Curadoria de conteúdos

Por Adriano Liziero e Brenda Mendonça

25 de abril de 2018

2018, ano internacional dos recifes de coral

Em meio a tanta preocupação com este ecossistema que é berço para inúmeras espécies, 2018 foi nomeado o Ano Internacional dos Recifes – International Year of the Reef.

Iniciativas de conscientização sobre os recifes estão sendo realizadas no mundo todo!

Florestas marinhas

Recifes de coral são estruturas calcárias que abrigam 25% de toda a vida marinha do planeta. Eles são considerados “florestas marinhas”, com grande importância ambiental, social e econômica.

Ecossistemas tão preciosos estão adoecendo e perdendo suas riquezas, principalmente pelas mudanças climáticas e pela poluição. A situação é preocupante, portanto, repense suas atitudes! Seu lixo eventualmente vai parar nos oceanos.

Mudanças climáticas

Parece bonito, mas é sinal de risco ambiental! O branqueamento de corais ocorre pelo aumento da temperatura da água do mar, consequência das mudanças climáticas globais.

Ao sentirem mudanças na temperatura, as algas associadas aos recifes liberam substâncias tóxicas para os corais.

Consequentemente, a associação entre ambos é perdida, as algas responsáveis pela coloração e nutrição dos recifes são “expulsas” e o resultado é o que você vê na imagem.

Amazônia: maior sistema recifal do Brasil

Os recém descobertos corais da Amazônia são seis vezes maiores que o estimado e fazem parte do maior sistema recifal do Brasil.

Cientistas de todo o país estão partindo em expedições para conhecer melhor esse ecossistema e tomar medidas contra a exploração petrolífera da empresa francesa Total, instalada na região.

Curadoria de conteúdos

Curadoria de conteúdos

Por Adriano Liziero e Brenda Mendonça

Garimpamos a internet em busca de conteúdos geográficos, selecionamos os melhores recursos educacionais e os indicamos aqui no Geografia Visual.

Você também pode gostar

Fotografias

Uma viagem virtual pelas paisagens da Rodovia Panamericana

por Érico Candido

Com o Google Street View, é possível conhecer a diversidade natural do continente americano.

Fotografias

Redutos de vegetação

por Adriano Liziero

Como explicar uma paisagem típica do semi-árido nas proximidades da cidade de São Paulo?