UNESCO lança livro sobre métodos para avaliar uso de tecnologias na educação

Adriano Liziero

Adriano Liziero

Editor | Geógrafo

23 de fevereiro de 2017

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) lançou nesta semana (20) o livro “Experiências Avaliativas de Tecnologias Digitais na Educação”. A publicação aborda iniciativas do Brasil, França, Chile, Uruguai e Argentina para medir o impacto das novas tecnologias de informação e comunicação (TICs) em projetos pedagógicos.

Com o volume, a agência da ONU e seu parceiro esperam fomentar o debate sobre a importância de monitorar programas de educação relacionados ao mundo digital.

“Discutir isso com especialistas de diferentes países, com experiências distintas, reforça o compromisso da Fundação Telefônica Vivo em apontar caminhos inovadores no campo educacional”, diz o diretor presidente da Fundação, Americo Mattar.

A publicação reúne as vivências de especialistas nos diferentes países. O objetivo do livro é auxiliar na descoberta de qual são os custos e benefícios reais da introdução de novas tecnologias em sala de aula.

O livro pode ser acessado gratuitamente pela internet. Confira a publicação clicando aqui.

Saiba mais sobre os autores do livro em: bit.ly/2m4Y1OD.

Com informações da UNESCO.

Adriano Liziero

Adriano Liziero

Editor | Geógrafo

Estudei Geografia influenciado pela experiência de viver em Angola, país que despertou em mim a vontade de compreender o mundo. Meu gosto pela escrita também me levou ao jornalismo.
Trabalho no mercado editorial de didáticos, com foco em tecnologia educacional. Criei o Geografia Visual para explicar o mundo utilizando o poder didático das imagens.

Você também pode gostar

Notícias

Oficina usa design para inovar na educação

por Adriano Liziero

Abordagem visa levar inovação, colaboração e pensamento crítico aos alunos e educadores.

Notícias

Redes sociais mapeiam desaparecidos após terremoto no Nepal

por Adriano Liziero

Para ajudar familiares e amigos a localizar pessoas nas áreas afetadas pelo tremor, Google, Facebook e Microsoft desenvolveram recursos e ações em suas redes sociais.

Notícias

4 canais de Geografia que você precisa conhecer

por Adriano Liziero

Uma seleção de conteúdos que melhor divulgam a Geografia no Youtube.